Política
 
Prefeita Teresa Surita faz balanço da gestão de 2016 e anuncia novos secretários
A prefeita também anunciou medidas de contenção de despesas para 2017, com o objetivo de manter o controle das contas públicas
 
Por - Redação I 27/12/2016 - 21:02 -
———————————————————————————————————————————
Fotos: Eduardo Andrade
Segundo Teresa, setores como saúde, obras, educação, social, segurança, trânsito e regularização fundiária urbana apresentaram avanços
A prefeita Teresa Surita se reuniu com a imprensa nesta terça-feira, 27, no auditório do Palácio 9 de Julho para apresentar um balanço do trabalho desenvolvido pela gestão municipal em 2016. Ela também anunciou o novo secretariado e falou dos desafios para o próximo mandato, que se inicia em 2017.

“Vamos continuar o trabalho que estamos desenvolvendo. Estamos passando pela crise e nos ajustando internamente para enfrentar 2017. Fizemos muito neste ano, Boa Vista é outra cidade, vive outra realidade, mas sabemos que ainda temos muito por fazer. Os nossos programas para o ano que vem são muito grandes, se conseguirmos trabalhar da forma que planejamos, teremos uma cidade muito melhor que a de hoje”, destacou a prefeita.

Mesmo com a crise financeira e ajustes nos gastos públicos, o planejamento da Prefeitura de Boa Vista possibilitou que fossem feitos investimentos em áreas importantes do município. Setores como saúde, obras, educação, social, segurança, trânsito e regularização fundiária urbana apresentaram avanços na prestação dos serviços ao cidadão.

A prefeita também anunciou medidas de contenção de despesas para 2017, com o objetivo de manter o controle das contas públicas. Os aumentos aprovados somente serão efetivados com a disponibilidade de recursos, será criada uma Central de Transportes para otimização dos veículos e redução do consumo de combustível e da frota de veículos. A racionalização do consumo de energia elétrica, água, telefone, combustível e materiais de expediente, que já ocorre hoje, deve continuar.

Ações e investimentos realizados pela Prefeitura de Boa Vista em 2016

Gestão Social - Na área social, a Prefeitura conseguiu atender cerca de 10 mil famílias, por meio dos projetos e programas sociais. Só o Família Que Acolhe atendeu 7.962 famílias. O programa virou referência nacional e internacional em política pública voltada à primeira infância, que inclui os cuidados com as crianças desde a gestação até os seis anos de idade, sendo a única experiência brasileira apresentada no Pacto Global para o Desenvolvimento da Primeira Infância, promovido pela New York Academy of Sciences, nos Estados Unidos.

Por conta das ações sociais promovidas pela Prefeitura de Boa Vista, o município recebeu em 2016 o Selo Unicef, símbolo de reconhecimento internacional àqueles que apresentaram avanços em indicadores sociais no período de 2013 a 2016. Por conta do programa Família Que Acolhe, a prefeita Teresa Surita conquistou este ano o Prêmio Prefeito Amigo da Criança.

Educação – O aumento no número de vagas foi um dos avanços de 2016. A rede municipal de ensino atendeu 36 mil crianças com idade entre 2 e 12 anos . Este ano, 11 novas Casas Mãe foram construídas e 6 creches Proinfância inauguradas. No Ideb, Boa Vista obteve a nota 5.5 para o primeiro ciclo do Ensino Fundamental, ultrapassando a sua própria meta (5.3) e a meta nacional (5,2). Das 36 escolas municipais participantes da Prova Brasil (instrumento de avaliação do Ideb) em 2015, 24 atingiram ou ultrapassaram a meta projetada para o ano e algumas superaram, inclusive, a meta prevista para 2021.

Saúde – Boa Vista passou por um processo de reestruturação com muitos desafios e também muitas conquistas. Este ano, 4 unidades básicas de saúde passaram a funcionar com horário estendidos até meia-noite. Os locais foram selecionados estrategicamente para atender e dar cobertura à população de todos os bairros da cidade, principalmente aqueles que ainda não possuem uma unidade de saúde. São elas: Délio Tupinambá, no Nova Cidade; Olenka Macellaro, no Caimbé; Aygara Motta, no Cidade Satélite e Mariano de Andrade, no Caranã.

Foi inaugurado o primeiro Centro Municipal de Tratamento e Prevenção de Câncer de Colo e Mama. O Hospital da Criança Santo Antônio passa por reforma. Além disso, foram empossados 36 médicos e realizado mais um processo seletivo para contratação de novos agentes comunitários de saúde e agentes de combate a endemias.

Mobilidade Urbana – Iniciadas no final de 2015, a Prefeitura deu continuidade em 2016 às obras de mobilidade na capital. O projeto foi pensado para melhorar a forma de locomoção da população e é o maior pacote de obras que Boa Vista já recebeu. Foram construídos 34 quilômetros de ciclovia, reformado e ampliado 40% do miniterminal Luiz Canuto Chaves e dado início à instalação de 700 abrigos de ônibus simples e climatizados.

O projeto de mobilidade contempla ainda a construção de três pontes na zona Oeste de Boa Vista. Duas delas já estão em processo de execução e vão interligar os bairros Jardim Caranã e Cidade Satélite, e Ayrton Rocha e Nova Cidade.

Outras áreas também apresentaram avanços

A Prefeitura de Boa Vista também avançou na regularização fundiária com a entrega de 564 títulos definitivos em 2016. Neste ano, a União repassou para o município uma área de 862.421 hectares que abrange 14 bairros, o que vai beneficiar 56 mil moradores com a emissão de 14 mil títulos definitivos.

A limpeza da cidade seguiu rigorosamente o cronograma de coleta de lixo para atender aos 56 bairros da capital. De janeiro a outubro de 2016, a Secretaria Municipal de Gestão Ambiental coletou 263.313,57 toneladas de lixo domiciliar e retirou 358.931,52 toneladas de entulhos e galhadas das ruas de Boa Vista.

O trânsito também melhorou com os investimentos feitos em 2016. Mais de 100 ruas e avenidas da capital receberam serviços de sinalização vertical e horizontal. Mais de sete mil placas foram implantadas ao longo das vias. Hoje o município dispõe de 53 pontos semafóricos, sendo 19 instalados apenas este ano.

Na área da segurança urbana, a Guarda Civil Municipal recebeu mais de 600 itens compostos por armamentos e munições de baixo potencial letal para o controle e contenção de grandes distúrbios públicos.

A Prefeitura assinou um convênio com a Polícia Federal que concede o porte de armas de fogo aos integrantes da Guarda. Já foram emitidos pareceres favoráveis à cessão do porte de armas a membros da corporação. Também foi assinado um termo de cooperação técnica com a polícia militar para cessão de armas de fogo e aberto processo licitatório para compra do armamento próprio da GCM.

Durante todo o ano de 2016, a valorização profissional foi a palavra-chave desta gestão. O programa Servidor de Valor trouxe benefícios reais em forma de convênios, capacitações e eventos para os servidores do município. Foram promovidas 162 capacitações para um total de 4.308 servidores em cursos de aperfeiçoamento profissional para melhorar o atendimento ao público. Em 2016, foram empossados mais de 80 concursados do cadastro reserva dos certames de 2012, 2013, 2014 e 2015.

Nova estrutura da administração municipal

Durante a coletiva, a prefeita Teresa Surita também anunciou como funcionará a nova estrutura da administração direta e indireta municipal em 2017 e também os secretários que assumem as devidas pastas. Foram criadas quatro novas secretarias e entidades, sendo que duas delas só devem ser implantadas no segundo semestre do ano que vem, quando a condição financeira do município melhorar.

“Não se trata apenas de criar novas secretarias e sim de remanejar um trabalho que já vem sendo feito, que já existe, para um local mais adequado. Os secretários que assumem essas pastas possuem todo conhecimento técnico necessário, responsabilidade com a questão pública e principalmente com a gestão de gastos, então são pessoas preparadas para enfrentar os desafios que vão assumir para que juntos possamos trabalhar para tornar Boa Vista cada vez melhor”, disse.

Veja como fica a nova estrutura da administração direta e indireta do município:

Administração Direta

Gabinete Executivo - Edileusa Gomes
Secretaria de Projetos Especiais (Nova) - Thayssa Cardoso
Procuradoria-Geral do Município - Marcela Medeiros
Secretaria Executiva de Defesa do Consumidor (Procon) – Sabrina Tricot
Controladoria-Geral do Município - Ana Lúcia Ziegler
Ouvidora-Geral - Elina Bernal de Oliveira
Secretaria Municipal de Convênios (Nova) - Cremildes Duarte Ramos
Secretaria Municipal de Obras (Reformulada) - Raimundo Maia
Secretaria Municipal de Agricultura e Assuntos Indígenas (Nova) - Não será implantada de imediato.
Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente (Reformulada - os serviços de urbanismos antes feitos pela Secretaria de Obras e Urbanismo passam a ser desenvolvidos pela pasta de Serviços públicos) - Daniel Peixoto
Secretaria Municipal de Tecnologia e Inclusão Digital (Reformulada) - Arthur Henrique Machado
Comissão Permanente de Licitação - Artur José Lima Cavalcante
Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoas - Paulo Bragato
Secretaria Municipal de Comunicação Social - Weber Negreiros
Secretaria Municipal de Economia, Planejamento e Finanças - Márcio Vinícius Almeida
Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC) - Keila Thomé
Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) - Cláudio Galvão
Secretaria Municipal de Segurança Urbana e Trânsito (SMST) - Raimundo Barros
Secretaria Municipal de Gestão Social (Semges) - Simone Queiroz

Administração Indireta

Fundação de Educação, Turismo, Esporte e Cultura (FETEC) - Daniel Lima
Empresa de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (EMHUR) - Sérgio Pillon
Agência Reguladora Municipal (Nova) - não será implantada de imediato.

 
 
 

 

 

Imprimir Enviar Corrigir Tamanho: A+ a-




Notícias relacionadas