Empreendedor
 
Secretaria de Finanças capacita servidores para melhorar o atendimento ao microempreendedor
A prefeitura integra a Redesimples, um sistema integrado de abertura e registro de empresa que tem como objetivo facilitar e tornar mais ágil o processo de formalização de empresas
 
Por - Redação I 20/10/2016 - 19:43 -
———————————————————————————————————————————
Fotos: Eduardo Andrade
A Secretaria Municipal de Economia, Planejamento e Finanças realizou na manhã desta quinta-feira, 20, uma capacitação com servidores da capital e
Nos dias de hoje, muitas pessoas decidem investir no próprio negócio, mas há ainda uma resistência em sair da informalidade devido ao estigma de que é algo trabalhoso e com poucas vantagens. Há três anos, a Prefeitura de Boa Vista trabalha para facilitar a vida dos microempreendedores e mudar essa realidade, investindo na modernização dos atendimentos e agilidade dos serviços do município. A prefeitura integra a Redesimples, um sistema integrado de abertura e registro de empresa que tem como objetivo facilitar e tornar mais ágil o processo de formalização de empresas.

Dando continuidade às ações que visam diminuir a burocracia para os microempreendedores, a Secretaria Municipal de Economia, Planejamento e Finanças realizou na manhã desta quinta-feira, 20, uma capacitação com servidores da capital e também de outros municípios sobre como utilizar o sistema eletrônico e simplificado. “Queremos mostrar o quanto a rapidez dos processos garante desenvolvimento na questão tributária e cadastral de um município”, explicou Luiz Carlos Monteiro, Diretor de fiscalização de Boa Vista.

O curso tem apoio do Sebrae/RR, e de acordo com Aline Silvana Lopes, diretora do Cadastro Imobiliário da Secretaria de Finanças, a ideia é integrar todos os municípios de Roraima por meio da Redesimples para benefício da economia local. “Como a capital tem se tornado pioneira em apoiar os empreendedores, estamos expandindo o serviço para garantir um procedimento uniforme nos demais municípios, tanto que hoje tivemos a presença de representantes de Mucajaí e Rorainópolis”, disse.

A diretora reforçou ainda que com a modernização do processo de formalização dos microempreendedores, em um prazo máximo de três dias a empresa já está regularizada na Secretaria Municipal de Finanças. Entre os benefícios de ser um microempreendedor formalizado está o direito à aposentadoria, salário-maternidade, pensão, entre outras coberturas previdências. Sem contar ainda, que o profissional legalizado tem acesso fácil a serviços bancários, inclusive, a créditos.

Redesimples - A Rede Nacional para a Simplificação do Registro e Legalização de Empresas e Negócios (Redesimples) é administrada por um comitê gestor, composto por órgãos e entidades do governo federal, estadual e municipal, responsáveis pelo processo de registro e legalização dos empresários, sociedades empresariais e sociedades simples. Trata-se de uma espécie de porta de entrada única de todos documentos necessários para regularização e que são de interesse das administrações tributárias.

Em Boa Vista, já existe essa parceria consolidada da Secretaria de Finanças com a Junta Comercial, Sebrae/RR, Receita Federal entre outros órgãos, onde no momento em que o cidadão dá entrada em toda documentação na secretaria, automaticamente são repassadas informações como CNPJ, Habite-se, por exemplo de forma digitalizada, evitando também repetições dos documentos.

 
 
 

 

 

Imprimir Enviar Corrigir Tamanho: A+ a-




Notícias relacionadas