Diversão e Arte
 
Expoferr é adiada para novembro
A feira, que estava programada para ocorrer entre os dias 05 e 12 de outubro, deve ser realizada entre os dias 25 de novembro e 4 de dezembro
 
Por - Redação I 15/09/2016 - 19:28 -
———————————————————————————————————————————
Fotos: Carlos Antônio
Gilzimar Barbosa disse que o evento foi adiado devido a situação financeira do Estado
A 40ª edição da Expoferr (Exposição Feira Agropecuária de Roraima) foi adiada. O evento que ocorreria de 05 e 12 de outubro será realizado agora entre os dias 25 de novembro e 04 de dezembro. A decisão foi tomada após análise da situação financeira do Estado nos próximos meses, devido à redução no repasse do FPE (Fundo de Participação dos Estados) e de parcelas de renegociação da dívida com a União.

O titular da Seapa (Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Gilzimar Barbosa informou que a decisão de adiar a Feira foi tomada em conjunto com a Sefaz (Secretaria Estadual de Fazenda) e a Aderr (Agência de Defesa Agropecuária de Roraima).

“Nos reunimos com a governadora Suely Campos e estudamos a possibilidade de adiar o evento devido a alguns fatores. O primeiro foi a situação financeira do Estado e o segundo foi a vacinação contra a febre aftosa dos animais que seriam expostos no evento”, explicou.

O titular da Sefaz, Shiská Pereira, informou que desde o ano passado o Estado vem sofrendo com a redução do FPE por parte do Governo Federal. “Em um ano o repasse foi reduzido em cerca de 30%. Desde então estamos nos ajustando para cumprir com todas as obrigações financeiras do Estado”, observou.

Outo fator econômico que contribui na decisão foi o pagamento das parcelas da dívida do Estado com a União. Pereira informou que atualmente os Estados da região Norte e Nordeste estão enfrentando dificuldades de honrar o pagamento deste débito, pois a renegociação foi vantajosa apenas para os Estados das regiões Sul e Sudeste.

“A governadora Suely tem trabalhado para a redução da dívida e vem fazendo um bom trabalho. Em dezembro de 2014, Roraima tinha uma relação dívida x receita de 18,44%, a qual caiu para 10,56% em 30 de junho, mas o momento ainda é de contenção de despesas”, analisou.

AFTOSA

O presidente da Aderr, Vicente Barreto, informou que uma das preocupações do órgão com a realização da Expoferr entre os dias 05 e 12 de outubro, era a aplicação da vacina contra a febre aftosa nos animais que seriam expostos no evento. “A campanha inicia no dia 1º de outubro e encerra dia 31. Se a data original fosse mantida iriamos iniciar a vacinação dos rebanhos dos empresários e agricultores que fossem expor seus animais antecipadamente, pois temos um período de carência de 15 dias”, explicou.

Ele ressaltou que com a mudança de data o trabalho poderá ser feito sem alterações no cronograma de vacinação. “Como a Feira irá começar no final do mês de novembro os pecuaristas terão tempo de sobra para vacinar seus animais e estarem dentro das normas sanitárias a tempo de participar do evento”, esclareceu.

ECONOMIA

O titular da Seapa, Gilzimar Barbosa, destacou a importância do evento para o agronegócio em Roraima. “No ano passado investimos cerca de R$ 2 milhões na 39ª edição da Expoferr e durante os dias de evento foram financiados mais de R$ 25 milhões para agricultores familiares, além de pequenos, médios e grandes empresários do setor produtivo, sem falar nas parcerias fechadas no evento”, disse.

Barbosa afirmou ainda que a Expoferr não é somente uma festa, mas sim um local de encontro de empresários do setor. “A Feira é mais um investimento do Governo do Estado para o desenvolvimento do setor produtivo, que em breve será a principal matriz econômica de Roraima, gerando emprego, renda e riquezas para nossa terra”, concluiu.

 
 
 

 

 

Imprimir Enviar Corrigir Tamanho: A+ a-




Notícias relacionadas