Política
 
Secretário de Saúde presta contas na Assembleia Legislativa
Foram apresentados os investimentos realizados na área no primeiro quadrimestre de 2016
 
Por - Redação I 30/08/2016 - 19:08 -
———————————————————————————————————————————
Fotos: Raimundo Lima
Reunião contou com a presença de deputados, representantes de órgãos fiscalizadores, conselhos de classe e sindicatos
O secretário estadual de Saúde, César Penna, esteve na Assembleia Legislativa do Estado na tarde desta segunda-feira, dia 29, para prestar contas dos gastos e investimentos realizados pela Sesau (Secretaria de Estado da Saúde) no primeiro quadrimestre de 2016. Na ocasião, ele falou também das dificuldades no financiamento da saúde e apontou que, mesmo em um momento de crise, a secretraria tem realizado investimentos importantes, cujos resultados devem ser obtidos nos próximos anos.

Penna enfatizou ainda o empenho significativo da bancada federal que tem apoiado as ações de saúde ao direcionar para a pasta os recursos de emendas parlamentares. “O apoio dos deputados da bancada federal tem sido fundamental para que consigamos realizar investimentos na saúde”, enfatizou.

Entre os avanços elencados pelo secretário, está o fato de praticamente todos os contratos firmados por esta gestão serem na modalidade pregão eletrônico, na qual a licitação ocorre por meio da internet, que permite, entre outras vantagens, maior eficiência, transparência e economia, já que incentiva a competitividade e concorrência entre as empresas de todo o país.

Entre as ações para racionalização dos recursos públicos, o seretário adiantou que a Sesau está realizando estudos sobre a regionalização da saúde, que consiste, entre outros aspectos, em estudar melhor o perfil epidemiológico de cada região do Estado, concentrando investimentos nas áreas em que realmente há mais necessidade. “Temos unidades no Estado que atendem menos de dez pacientes por dia a um custo de mais de R$ 10 mil por consulta. Com o processo de regionalização, iremos repensar o perfil de cada unidade, o que ajudará a racionalizar recursos”, frisou.

No encontro, o secretário apresentou ainda o resultado de investimentos, como o número de procedimentos como consultas nas principais unidades, cirurgias, e outras ações da pasta e esclareceu dúvidas dos representantes dos órgãos presentes e da população.

Durante a reunião, aproveitando a presença de candidatos aprovados no último concurso público, o secretário frisou que mesmo em um momento de crise, foram convocados desde 2015, mais de 700 servidores para a Saúde, dos quais cerca da metade são da área de enfermagem. Ele pontuou que novas convocações estão sendo feitas de acordo com a necessidade e informou a proposta de convocar mais 112 servidores entre técnicos e enfermeiros, proposição esta que depende de uma resposta do sindicato que representa a classe. “Somos cientes do déficit de pessoal que ainda existe na saúde, mas temos que ter em mente que já avançamos muito neste ponto”, enfatizou Penna.

Estiveram presentes na prestação de contas representantes da Comissão de Educação, Cultura, Desporto e Saúde da Assembleia Legislativa de Roraima; MPRR (Ministério Público de Roraima), CRM (Conselho Regional de Medicina), Coren (Conselho Regional de Enfermagem) e Sindprer (Sindicato dos Profissionais de Enfermagem do Estado de Roraima).

 
 
 

 

 

Imprimir Enviar Corrigir Tamanho: A+ a-




Notícias relacionadas