Esportes
 
Náutico sofre goleada avassaladora diante de sua torcida na Vila Olímpica
Com uma apresentação muito aquém dos outros jogos feitos em casa, o Náutico foi derrotado facilmente pelo time acreano
 
Por - Redação I 30/07/2016 - 22:00 -
———————————————————————————————————————————
Fotos: Raustman Gondim
Rafael Barros marcou dois na goleada sobre seu ex-clube
O Náutico surpreendeu a todos com o péssimo jogo que fez na noite deste sábado (30), na Vila Olímpica, em sua estreia na segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro. O Alvirrubro foi massacrado por 5 a 1 pelo Atlético Acreano.

Com um time apático, desde os primeiro minutos, o clube entrou em campo derrotado, não pela qualidade técnica e dedicação dos jogadores, mas em boa parte pela falta de estrutura e apoio fora de campo.

Salários atrasados há vários meses, falta de energia e água no alojamento dos jogadores há mais de 12 dias, podem ser apenas alguns dos motivos para a total desmotivarão dos atletas.

Com essa derrota elástica, o Alvirrubro se despede da competição e vai ao Acre no próximo dia 7 de agosto apenas para honrar o seu último jogo pela Série D, deste ano.

O JOGO

A partida começou movimentada e o Atlético Acreano consciente que tinha o melhor time foi para cima. Aos 13 minutos, jogada do Atlético Acreano pelo meio, Rafael Barros chutou rasteiro, o goleiro Leandro deu rebote e o meia Leandro completou para o gol: 1 a 0.

Não demorou muito e dois minutos depois, contra-ataque do Atlético Acreano, Rafael Barros recebeu na esquerda, avançou e chutou de bico no canto direito: 2 a 0.

Aos 33, Enival foi lançado na frente dividiu com o goleiro e acabou se machucando. Foi substituído por Romarinho.

Aos 42, Eduardo Magrão saiu jogando errado, Rafael Barros partiu no contra-ataque e bateu na saída do goleiro Leandro que conseguiu defender com a perna.

SEGUNDO TEMPO

No segundo tempo o clube acreano procurou imprimir o mesmo ritmo. O Náutico tentou responder e criou alguns lances de perigo.

Aos 7, cobrança de escanteio da esquerda, a bola sobrou para Robemar que acertou o travessão. Em seguida, Romarinho entrou pela direita e chutou forte em cima do goleiro.

Aos 8, Eduardo do Atlético recebeu livre na entrada da área e bateu colocado no canto direito: 3 a 0.

Aos 12, Polaco cobrou escanteio da direita e o zagueiro Diego no primeiro pau desviou para o gol: 4 a 0. Definitivamente não era o dia do time roraimense.

Aos 27, jogada do Náutico pela linha de fundo, Romarinho cruzou e Robemar cabeceou para o gol: 4 a 1. A equipe ainda tentou esboçar uma reação para tentar diminuir a diferença, mas não teve jeito.

Aos 33, Rafael Barros recebeu na frente partiu para cima do zagueiro, cortou para a direita e bateu cruzado no canto: 5 a 1.

Aos 37, Romarinho recebeu passe dentro da área, cortou o lateral Eduardo que meteu a mão na bola, pênalti. Robemar cobrou muito mal e mandou longe do gol. Final de jogo 5 a 1.

FICHA TÉCNICA

NÁUTICO 01 x 05 ATLÉTICO ACREANO

NÁUTICO - Leandro: Bernardo, Diego, (Dionathans), Elton e Nathan; Dudé, Ygor, Eduardo Magrão (Lucas) e Heitor; Enival (Romarinho) e Robemar. Técnico: Waldemar Caldas.

ATLÉTICO ACREANO – Franco; Matheus, Diego, Miller e Alfredo, Leandro (Renato), Eduardo, Júnior e Careca; Polaco e Rafael Barros (Luiz Henrique). Técnico: Álvaro Marques Migueis.

GOLS – Leandro aos 13 e Rafael Barros aos 15 do 1º tempo; Eduardo aos 8, Diego aos 12 e Rafael Barros aos 33 do 2º tempo; Robemar aos 27 do 2º tempo.

CARTÕES AMARELOS – Elton, Heitor e Robemar (Náutico); Miller, Matheus e Alfredo (Atlético Acreano).

CARTÃO VERMELHO – Eduardo (Atlético Acreano)

ÁRBITRO – Diego da Silva Castro - PI

LOCAL – Vila Olímpica Roberto Marinho

DATA – 30 de julho de 2016

HORÁRIO – 17 horas

 
 
 

 

 

Imprimir Enviar Corrigir Tamanho: A+ a-




Notícias relacionadas