Política
 
Justiça Eleitoral roraimense terá conexão à internet de 200 Mbps
A estimativa é que a conexão de acesso à internet com velocidade efetiva de 200 Mbps esteja à disposição no prazo máximo de um mês
 
Por - Redação I 18/07/2016 - 19:25 -
———————————————————————————————————————————
Fotos: Orib Ziedson
Atualmente a Justiça Eleitoral dispõe de dois links com velocidade de 2 Mbps cada
O Tribunal Regional Eleitoral de Roraima (TRE-RR) assinou um contrato com a empresa Telemar Norte Leste S/A com o objetivo de aquisição de links de dados para prover acesso à internet na sede da Justiça Eleitoral. O contrato n.º 20/2016 foi publicado no último dia 15 de julho, no Diário Oficial da União (DOU), e a estimativa é que a conexão de acesso à internet com velocidade efetiva de 200 Mbps esteja à disposição no prazo máximo de um mês.

Segundo o secretário de tecnologia da informação do TRE-RR, Wanderlan Fonseca, atualmente a Justiça Eleitoral dispõe de dois links com velocidade de 2 Mbps cada. Ele explicou que o novo link de 200 Mbps vai possibilitar a gravação e transmissão das sessões plenárias, além de disponibilizar, na sala do plenário do TRE-RR, de rede Wi-Fi para os servidores, magistrados, imprensa e convidados.

“Essa velocidade da internet será fundamental também para a Coordenadoria de Orçamento e Finanças (COF), considerando que o setor terá um acesso bem mais rápido ao SIAFI (Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal), agilizando bastante a emissão de ordem bancária e de nota de empenho. Outro fator positivo é a redundância no link de comunicação entre o TRE e o TSE, tendo em vista que, caso caia o link principal, que hoje é operado pela Embratel, nós continuaremos com acesso, pois teremos esse link provido pela Oi”, destacou Fonseca.

Conforme explicou o diretor-geral do TRE-RR, Vick Mature, o valor anual do contrato é de R$ 124.834,08, incluindo todas as despesas que resultem no custo da prestação dos serviços, tais como impostos, taxas, transportes, seguros, encargos fiscais e todos os ônus diretos e quaisquer outras despesas.

“Com o novo contrato, teremos um aumento considerável na velocidade, o que possibilitará uma maior interação com a sociedade durante o processo eleitoral, que poderá acompanhar as sessões plenárias quase em tempo real, de forma que a população terá um conhecimento maior do processo em si. Dessa forma, terá conhecimento de como é realizado o julgamento e saberá o resultado de imediato”, ressaltou Mature, ao lembrar que a imprensa terá acesso à rede Wi-Fi e poderá desenvolver seu trabalho com mais comodidade em uma sala destinada aos jornalistas que atuam na Justiça Eleitoral roraimense.

Em relação às transmissões das sessões plenárias ao vivo, Mature comentou que a licença dos softwares já foi contratada, restando comprar apenas os equipamentos. “No primeiro momento, iremos gravar as sessões e disponibilizar no youtube logo em seguida. A partir do momento que forem comprados todos os equipamentos necessários, iremos transmitir as sessões em tempo real”, salientou.

 
 
 

 

 

Imprimir Enviar Corrigir Tamanho: A+ a-




Notícias relacionadas