Empreendedor
 
Sebrae realiza Show de Empreendedorismo com o maestro João Carlos Martins
O evento é voltado para empreendedores e o público em geral, e será realizado no dia 29 de junho a partir das 20h, no auditório do Centro Amazônico de Fronteiras (CAF)
 
Por - Redação I 22/06/2016 - 18:14 -
———————————————————————————————————————————
Fotos: Divulgação
O palestrante é um dos maiores pianistas e maestros brasileiros
O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Roraima (Sebrae-RR) realiza no dia 29 de junho o Show de Empreendedorismo, com a palestra de João Carlos Martins, um dos maiores pianistas e maestros brasileiros.

O evento é voltado para empreendedores e o público em geral, e será realizado a partir das 20h, no auditório do Centro Amazônico de Fronteiras (CAF), da Universidade Federal de Roraima (UFRR). Os ingressos já estão à venda ao preço de R$ 30,00 na sede do Sebrae Roraima. As vagas são limitadas.

“O nosso papel no Sebrae é esse, oferecer apoio aos empresários, por meio de orientação técnica e capacitações, para que eles consigam superar as dificuldades e se consolidar no mercado.”, afirma a superintendente do Sebrae-RR, Luciana Surita.

Ao visitar Boa Vista pela primeira vez, João Carlos Martins contará um pouco da sua história por meio da palestra “A Música Venceu”. Após superar uma sequencia de problemas físicos, o maestro é hoje reconhecido como um dos maiores pianistas do mundo e também é apontado como o maior intérprete do compositor alemão Johann Sebastian Bach (1685—1750).

“O que queremos é que o empresário perceba que obstáculos podem ser superados e que, mesmo em situações de crise, como a que o Brasil enfrenta atualmente, é possível se recuperar e seguir em frente”, destaca Itamira Soares, Gerente de Capacitação Empresarial e Cultura Empreendedora do Sebrae-RR.

João Carlos Martins - Nasceu em São Paulo, no dia 25 de junho de 1940 e iniciou seus estudos de piano aos oito anos. Aos 13 começou a sua carreira no Brasil e aos 18 no exterior. Suas gravações estiveram muitas vezes entre as mais vendidas. Além disso, jornais como New York Times, Washington Post e Los Angeles Times sempre lhe dedicaram reportagens.

Aos 26 anos, em Nova York, veio a primeira adversidade, quando caiu e rompeu um nervo da mão durante jogo de futebol com brasileiros que ele havia encontrado na cidade. Ele submeteu-se a uma operação paliativa e continuou tocando com dedeiras de aço, que acabavam deixando sangue nas teclas do piano.

Anos depois, já portador de lesão por esforço repetitivo (LER), o pianista sofreu ferimentos em um assalto na Bulgária. Ele foi operado e perdeu os movimentos da mão direita. Sobraram os da esquerda, que foram eliminados mais tarde por um tumor.

O pianista resolveu estudar regência após um sonho com o maestro Eleazar de Carvalho. Como maestro, Martins cursou Orientação Educacional e Tecnologia de Sistemas, com pós-graduação em RH; MBA pela Kellogg School of Management e na Fundação Dom Cabral; e especializações em Gestão de Pessoas e Negócios em escolas como FGV-SP, London Business School e Columbia Business School.

Em 2011, a escola de samba Vai-Vai foi campeã do carnaval paulista com o enredo A Música Venceu, em homenagem ao pianista, que também foi alvo de inúmeras outras homenagens.

 
 
 

 

 

Imprimir Enviar Corrigir Tamanho: A+ a-




Notícias relacionadas