Esportes
 
Instituições realizam 6ª reunião para debater o esquema de segurança da Tocha Olímpica
Participaram da reunião, instituições de segurança e defesa social municipais, estaduais e federais
 
Por - Redação I 09/06/2016 - 09:50 -
———————————————————————————————————————————
Representantes de diversas instituições de segurança se reuniram nesta quarta-feira (8) para definir ações com o objetivo de proteger os locais por onde a chama olímpica vai passar. Foi a sexta reunião para tratar do assunto.

A tocha chegará no próximo a Boa Vista no dia 18 de junho e irá de helicóptero à comunidade indígena de Campo Alegre, às margens do rio Uraricoera. Na capital será conduzida por 155 pessoas nos 32 km de percurso, cumprindo um trajeto que vai passar por quase todos os bairros.

Segundo Jailma Ribeiro, secretária executiva do GGI (Gabinete de Gestão Integrada), na reunião foi discutido como será feito o comboio para acompanhar a tocha, além de definir pontos sobre veículos de apoio, escolta, batedores e todo o pessoal que vai participar para dar segurança no percurso.

“Faltam duas semanas para o evento e precisamos concluir algumas ações para estarmos preparados. Daqui a alguns dias vamos também fazer uma simulação”, informou.

Participaram da reunião, instituições de segurança e defesa social municipais, estaduais e federais, como PF (Polícia Federal), PRF (Polícia Rodoviária Federal), ABIN (Agência Brasileira de Inteligência), Exército, Polícias Militar e Civil, Base Aérea, Detran (Departamento Estadual de Trânsito), SMTRAM (Superintendência Municipal de Trânsito) e Guarda Municipal.

A operação de segurança da tocha olímpica será coordenada a partir de uma sala na Secretaria de Segurança Pública, onde será montado um sistema de videomonitoramento e comunicação com todos os integrantes das ações táticas.

 
 
 

 

 

Imprimir Enviar Corrigir Tamanho: A+ a-




Notícias relacionadas