Política
 
Justiça Eleitoral inicia campanha para cadastrar mesário voluntário
O mesário tem algumas vantagens determinadas em lei, a exemplo dos dois dias de folga por dia de convocação
 
Por - Redação I 17/05/2016 - 18:30 -
———————————————————————————————————————————
Fotos: Raimundo Siqueira
Para ser mesário, basta ser eleitor, maior de 18 anos, em situação regular perante a Justiça Eleitoral
O Tribunal Regional Eleitoral de Roraima (TRE-RR) iniciou a campanha para cadastrar os mesários voluntários que irão atuar nas eleições municipais de 2016, nas quais serão eleitos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. Além de contribuir para o fortalecimento da democracia, o mesário tem algumas vantagens determinadas em lei, a exemplo dos dois dias de folga por dia de convocação.

Conforme explicou o presidente da Comissão de Treinamento de Mesários do TRE-RR, Randerson Aguiar, há também benefícios para quem é universitário. Desde 2008, o Tribunal firma parcerias com instituições de ensino superior. Aguiar mencionou que, até o final dessa semana, será encaminhado ofício a fim de formalizar acordo de cooperação com a Universidade Estadual de Roraima (UERR), Universidade Federal de Roraima (UFRR), Faculdade Cathedral, Centro Universitário Estácio da Amazônia e Faculdade Roraimense de Ensino Superior (FARES).

“O acadêmico de qualquer curso pode se beneficiar e ganhar 30 horas de crédito que contarão para as disciplinas optativas, como atividade na grade extracurricular. Além disso, terá dois dias de folga para cada dia de convocação, sendo um de treinamento e outros dois no 1º e no 2º turno da eleição, caso ocorra. Ou seja, o total pode chegar a seis dias de folga no trabalho”, acrescentou.

REQUESITOS

Para ser mesário, basta ser eleitor, maior de 18 anos, em situação regular perante a Justiça Eleitoral. Não podem atuar como mesário: candidato ou parente de candidato, ainda que por afinidade, até o segundo grau, inclusive, cônjuge ou companheiro; membro de diretório de partido político; autoridade ou agente policial; os que pertencem ao serviço eleitoral; e fiscais e delegados de partido político ou coligação.

Aguiar ressaltou que o mesário é personagem fundamental para a realização das eleições e que este ano serão necessários em torno de 4.400 cidadãos para trabalhar nas seções eleitorais instaladas em todo o Estado. Para se inscrever, basta preencher um formulário no site www.tre-rr.jus.br, em um banner localizado na parte inferior da página, ou diretamente no cartório eleitoral ao qual o eleitor pertence.

“Quando uma pessoa é convocada para ser mesário de forma obrigatória, muitas vezes chega ao treinamento mal-humorada e realiza os procedimentos com má vontade. Já o mesário voluntário não, ele realmente quer participar”, disse Aguiar, ao lembrar que o mesário é responsável por organizar todo o processo de votação, desde a instalação da urna eletrônica, organização de filas, conferência do nome do eleitor no caderno de votação e entrega de comprovante de votação. Eles irão receber auxílio alimentação no dia da eleição e uma camiseta da Justiça Eleitoral.

 
 
 

 

 

Imprimir Enviar Corrigir Tamanho: A+ a-




Notícias relacionadas