Cotidiano
 
Governo inicia testes de internet gratuita no Parque Anauá
O período de testes vai durar um mês e as pessoas poderão acessar a internet no período da tarde e nos finais de semana
 
Por - Redação I 18/03/2016 - 18:06 -
———————————————————————————————————————————
Além da prática de esportes, lazer e momentos de descontração com a família, o roraimense agora terá outro motivo para frequentar o Parque Anauá. O Estado está implantando, em fase de testes, a Internet do Povo no local. Com acesso via Wi-Fi das principais redes sociais.

O trabalho está sendo desenvolvido pela CTI (Centro de Tecnologia da Informação), que terá um mês para analisar a quantidade de megas que será necessária para atender a necessidade de acesso no Parque, além da restrição de alguns sites. “O Parque Anauá tem uma frequência normal de final de semana de quase três mil pessoas e para que todos possam acessar, estaremos estudando uma fórmula para que ninguém fique de fora”, disse o diretor da CTI, Jaime Fernandes.
Segundo ele nesse período de testes, que vai durar um mês, será verificado a quantidade de pessoas que vai acessar, além da potência do rádio e a quantidade de banda que será disponibilizada para cada usuário.

Ele explicou que provavelmente será usado um software chamado Hotspot que é acesso inteligente à rede. “O usuário fará um cadastro e após um tempo pré-determinado ele dará espaço para outra pessoa. E então ele terá que fazer o login novamente e entrar na fila para o acesso”, disse Fernandes.

Nesta fase de testes os técnicos da CTI saberão também a quantidade de acessos que será liberado e isso pode ser de até mil usuários por vez. “Se atingirmos esse número, os que acessaram primeiro, darão espaço para os que estarão na fila para conectar”, explicou.
A Internet do Povo no Parque Anauá será liberada no período da tarde e nos finais de semana. “Estaremos usando por enquanto a internet utilizada pelo governo em todas as suas esferas, portanto só poderemos liberar a internet no parque depois do horário de expediente”, justificou Fernandes.

Ele adiantou que o governo está ultimando um contrato com a Embratel para a compra de 200 megas. “Isso vai melhorar o acesso à internet do governo e também estará disponível para a população”, disse, ao informar que a meta do governo é implantar a Internet do Povo nas praças dos outros municípios do Estado. “Desta forma a população que mora no Interior também terá internet em seus locais de lazer”, enfatizou.

 
 
 

 

 

Imprimir Enviar Corrigir Tamanho: A+ a-




Notícias relacionadas