Cotidiano
 
Polícia Federal prende quatro pessoas por crimes ambientais na Floresta Nacional
Os presos R A S, R D S A, M S S e M S F confessaram a prática criminosa em interrogatório ao Delegado de Polícia Federal e foram encaminhados à Penitenciária Agrícola
 
Por - Redação I 14/03/2016 - 12:48 -
———————————————————————————————————————————
Fotos: Divulgação
As árvores eram derrubadas e as madeiras serradas na própria FLONA
A Polícia Federal em Roraima prendeu quatro pessoas em operação policial de repressão a crimes ambientais realizada na Floresta Nacional de Roraima – FLONA, entre os municípios de Alto Alegre e Mucajaí/RR. A operação da Polícia Federal foi conjunta com o ICMBio. A equipe policial atuou durante o final de semana, dias 12 e 13 de março.

Os presos em flagrante foram indiciados na Polícia Federal por crimes ambientais dos artigos 40, 46 e 51 da Lei 9.605/1998. Os crimes têm pena de até 7 anos de prisão e são inafiançáveis em sede policial.

Foi flagrado pelos Policiais Federais que as árvores eram derrubadas e as madeiras serradas na própria FLONA, com divisão de tarefas e comercialização de madeira nobre com alto valor de mercado.

No interior da Flona foram flagrados pontos de desmatamento sob responsabilidade dos presos, com corte seletivo de madeira, especialmente do cedro.

Os presos R A S, R D S A, M S S e M S F confessaram a prática criminosa em interrogatório ao Delegado de Polícia Federal e foram encaminhados à Penitenciária Agrícola e uma presa ao presídio feminino à disposição da Justiça Federal em Roraima.

 
 
 

 

 

Imprimir Enviar Corrigir Tamanho: A+ a-




Notícias relacionadas