Cotidiano
 
Queimadas danificam rede de energia elétrica no interior do estado
A CERR contabiliza os prejuízos e os consumidores têm sofrido com as constantes faltas de energia causadas pelas queimadas
 
Por - Redação I 15/01/2016 - 13:47 -
———————————————————————————————————————————
Fotos: Divulgação
Em algumas regiões, os moradores chegam a ficar sem energia devido a quedas de postes e derretimento de cabos
Roraima enfrenta uma forte estiagem causada pelo El Niño, fenômeno que provoca o aquecimento anormal das águas do Pacífico e que este ano está mais forte e mais perto do Equador. Com as temperaturas elevadas e vegetação seca, as queimadas têm sido frequentes no lavrado do Estado e causado danos à rede de energia.

A Companhia Energética Roraima contabiliza os prejuízos e os consumidores têm sofrido com as constantes faltas de energia causadas pelas queimadas. “Às vezes, a nossa equipe operacional deixa de fazer alguma manutenção na rede para apagar fogo. Em muitos casos, quando a equipe chega ao local, as chamas já tomaram conta dos postes, que têm de ser substituídos. Algumas vicinais ficam sem energia por longos períodos até que seja finalizado o conserto”, afirma o diretor de Planejamento e Expansão da Cerr, Renato Amorim.

Nos últimos dias, a Cerr fez a substituição de seis postes que foram tomados pelo fogo. Ainda de acordo com o diretor de Planejamento, há o risco das chamas atingirem as linhas de transmissão, podendo deixar os municípios sem energia.

“Nas redes elétricas com postes de concreto, o fogo atinge os cabos ou faz com que árvores caiam sobre elas. E, mesmo não atingindo a rede, as queimadas podem colocar em risco o fornecimento: a alta temperatura provocada pelo fogo já é suficiente para comprometer a qualidade e resistência dos fios”, ressaltou Amorim.

O sistema elétrico da Cerr é composto de mais de 7 mil quilômetros de redes rurais suportadas por aproximadamente 70 mil postes, sendo que 22 mil são de madeira, que são muito vulneráveis a estas queimadas.

Para ajudar a diminuir os índices de queimadas, a Cerr recomenda:

-Fazer queimadas somente com autorização dos órgãos competentes e de forma controlada, com a construção de aceiros e barreiras que impeçam a propagação das chamas;

-Não jogar pontas de cigarro próximo a qualquer tipo de vegetação;

-Não realizar queimadas a menos de 15 metros de rodovias e do limite das faixas de segurança das linhas de transmissão e distribuição de energia elétrica.

 
 
 

 

 

Imprimir Enviar Corrigir Tamanho: A+ a-




Notícias relacionadas