Esportes
 
Presidente da Fuer é escolhida diretora do Núcleo de Esportes Universitários Indígenas do Brasil
Elaine também vai compor uma comissão de estudos sobre a legislação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior
 
Por - Redação I 30/11/2015 - 19:03 -
———————————————————————————————————————————
Fotos: Divulgação
A presidente da Fuer, o reconhecimento é fruto do trabalho que todos desempenham
Durante o Beach Games 2015 em Aracaju-SE, a Confederação Brasileira de Desporto Universitário (CBDU) reuniu os presidentes das Federações Esportivas dos 26 Estados e do Distrito Federal e realizou um Fórum para discutir projetos em busca do fomento do esporte universitário no país. Durante os dois dias de diálogos, 27 e 28 de novembro, a presidente da Federação Universitária de Esportes de Roraima (Fuer), Elaine Morellato, foi convidada a assumir a diretoria do Núcleo de Esportes Universitários Indígenas, responsável por articular jogos indígenas universitários no país.

Elaine também vai compor uma comissão de estudos sobre a legislação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), que analisará a legalidade de abonos de faltas e investimentos das Instituições de Ensino Superior no desporto universitário. Estiveram presentes no Fórum o presidente e o vice-presidente da CBDU, Luciano Cabral e Alim Maluf Neto, além do representante do Ministério do Esporte, Célio René, e do secretário da Juventude e do Esporte de Aracaju, Carlos Eloy Filho.

Célio René apresentou durante sua palestra o fomento ao desporto indígena como uma das vertentes que o Ministério do Esporte atua, destacando o grande sucesso que foram os jogos mundiais indígenas realizados este ano no Brasil. Na oportunidade, a CBDU apresentou a experiência da Fuer que já realizou quatro edições de Jogos Universitários Indígenas em Roraima e que tem expressivo número de participantes.

Com isso, o ministério mostrou grande interesse no projeto da Fuer e, então, o Fórum decidiu criar um núcleo para atuar junto ao ministério no desenvolvimento do esporte universitário indígena. E Elaine Morellato foi convidada para dirigir o Núcleo. Para o presidente da CBDU, Luciano Cabral, Elaine foi escolhida para os dois cargos devido ao empenho e experiência dela nas competições regionais, nacionais e internacionais.

"Ficamos muito satisfeitos em poder apresentar esse brilhante projeto da Elaine, que é pioneiro no país. Nossa expectativa é que, junto com o Ministério do Esporte e a Fuer, possamos realizar em 2016 o primeiro Jogos Universitários Brasileiros Indígenas, esse será o primeiro grande desafio da Elaine e acreditamos que será muito bem cumprido, pois ela já mostrou que tem competência nas quatro edições em Roraima, que foram muito bem organizadas", destacou Luciano.

Para a presidente da Federação Roraimense, o reconhecimento é fruto do trabalho que todos da Fuer desempenham durante esses cinco anos de mandato. “Desde que assumimos, em 2011, nos empenhamos muito para fomentar o desporto universitário no nosso estado, que estava esquecido. Hoje estamos presentes todos os anos em competições nacionais, sempre com um número muito grande de atletas e sem pendências junto à CBDU”, disse.

Elaine destaca ainda o prazer por representar o estado. “Fazemos este trabalho por paixão ao esporte e me sinto muito honrada por representar Roraima em coordenações que envolvem membros de todos os lugares do país e ainda ajudar a realizar um evento nacional. Agradeço a todos que apoiam a Fuer, principalmente o Governo do Estado, pois se não fosse o apoio, talvez não teríamos tido a chance de mostrar nosso trabalho”, destacou a presidente, emocionada.

E o reconhecimento pelo trabalho da presidente Elaine Morellato não para por aí. Após as atividades do Fórum, no sábado, 28, ocorreu a festa Melhores do Ano, que premia os melhores atletas e dirigentes que se envolveram em competições da CBDU ao longo de 2015. E Elaine foi uma das premiadas no evento.

 
 
 

 

 

Imprimir Enviar Corrigir Tamanho: A+ a-




Notícias relacionadas