Cotidiano
 
Exército encerra operação Ágata
Durante 10 dias o Exército realizou diversas ações para coibir ilícitos no interior do estado e região de fronteira
 
Por - Redação I 30/10/2015 - 18:36 -
———————————————————————————————————————————
Fotos: Divulgação
Militares patrulharam selva em busca de ações ilegais como garimpo e extração ilegal de madeira
O Exército Brasileiro encerrou nesta sexta-feira (30) operação Ágata 10. Foram 10 dias intensos de operação contra ilícitos transfronteiriços e ambientais.

A 1ª Brigada de Infantaria de Selva (1ª Bda Inf Sl ) empregou mais de mil militares, os quais estavam desdobrados em todo o arco fronteiriço do Estado de Roraima.

Durante esse período, a operação realizou

- Interdição de duas pistas de pouso que davam apoio a garimpagem ilegal;
- Neutralização de duas áreas de garimpos ilegal;
- Apreensão de mais de 900 m3 de madeira proveniente de extração ilegal;
- Revista em mais de 3000 veículos nas rodovias e vicinais do Estado;
- Apreensão de diversos materiais provenientes de descaminho avaliados em mais de R$ 200.000
- Patrulhamento de vicinais
- Patrulhamento de rodovias
- Patrulhamento dos rios
- Atualização do cenário de inteligência do Estado.
- Mais de 800 atendimentos médicos, odontológicos e recreacionais nas ações cívico sociais realizadas ao longo de toda faixa de fronteira.

 
 
 

 

 

Imprimir Enviar Corrigir Tamanho: A+ a-




Notícias relacionadas