Cotidiano
 
Laboratório de Sementes e de Ecologia é inaugurado no campus Murupu
A finalidade é fortalecer a cadeia produtiva do mel e a produção de mudas com potenciais apículas e de reflorestamento
 
Por - Redação I 23/09/2015 - 12:12 -
———————————————————————————————————————————
Fotos: Divulgação
O laboratório fica localizado no campus Murupu, na entrada da Escola Agrotécnica (EAgro/UFRR), área rural de Boa Vista
A Equipe do projeto Edu3S (Educação Sustentável, Sinérgica e Social em Projetos de Assentamentos no Estado de Roraima) inaugurou na manhã desta terça-feira (22) o Laboratório de Sementes e de Ecologia Vegetal da Universidade Federal de Roraima (UFRR) e da Cooperativa Agropecuária do PA Nova Amazônia (Coopana).

O laboratório fica localizado no campus Murupu, na entrada da Escola Agrotécnica (EAgro/UFRR), área rural de Boa Vista. A finalidade é fortalecer a cadeia produtiva do mel e a produção de mudas com potenciais apículas e de reflorestamento.

“Estamos felizes pela inauguração, que consiste em mais uma etapa do projeto. O laboratório é uma área demonstrativa para os agricultores, além de servir para os alunos fazerem pesquisas. Aqui estamos começando um núcleo de produção e vamos contribuir para a comunidade local”, ressaltou a professora Adalgisa Aranha, coordenadora do projeto.

O laboratório foi construído com patrocínio da Petrobras, por meio do Programa Desenvolvimento & Cidadania, que tem como objetivo atender agricultores e famílias que fazem parte de projetos de assentamentos rurais de Roraima. Ele possui uma sala de pesquisa, uma sala administrativa, recepção, copa e banheiro. Sua estrutura possui também viveiro, apiário, cisternas, sistemas se irrigação, sistemas agroflorestais, casa do mel, entre outros.

“São os estudantes da Escola Agrotécnica, e dos cursos de Zootecnia e Agronomia que vão fazer uso do laboratório e de toda a estrutura disponível. Lá serão desenvolvidas pesquisas sobre germinação e vigor de espécie vegetal, frutífera, mudas hortícolas, entre outras ”, frisou a professora Adalgisa, que é doutora em Sementes. A equipe do Edu3S vai lançar em outubro um livro com sete capítulos sobre as atividades desenvolvidas no projeto.

 
 
 

 

 

Imprimir Enviar Corrigir Tamanho: A+ a-




Notícias relacionadas