Cotidiano
 
Defesa Civil reúne coordenadorias para definir estratégia de atuação no verão
Representantes do Sipam alertaram para a baixa quantidade de chuvas esperadas para o próximo ano
 
Por - Redação I 03/09/2015 - 08:56 -
———————————————————————————————————————————
Fotos: Fernando Oliveira
O encontro serviu para a elaboração de um calendário de cursos de combate a incêndio florestal paras os produtores rurais
As ações de combate a incêndio e controle de estiagem para o verão de 2016 foram debatidas na manhã desta quarta-feira, dia 2, pela Defesa Civil Estadual com as coordenadorias municipais, em uma reunião no auditório do Corpo de Bombeiros. O encontro contou ainda com a presença de representantes do Sipam (Sistema de Proteção da Amazônia), que destacaram a importância deste trabalho e fizeram um alerta para a baixa quantidade de chuvas esperadas para o próximo ano.

O secretário executivo da Defesa Civil, coronel Cleudiomar Ferreira, lembrou que no início do ano, oito municípios declararam situação de emergência devido às consequências da falta de chuvas no estado. Ele frisou que neste período, as ações das coordenadorias municipais de defesa civil, auxiliaram a amenizar a situação.

“Com o apoio da Defesa Civil Estadual, os Municípios executaram ações de combate a incêndio e controle de estiagem. Se este trabalho não fosse realizado, os moradores destas regiões teriam sofrido em escalas muito maiores os efeitos da seca”, observou.

Ferreira destacou que além de explanar sobre as previsões climáticas para o próximo verão, o encontro serviu para a elaboração de um calendário para a realização de um curso de combate a incêndio florestal paras os produtores rural, que irá atender os municípios de Rorainópolis, São João da Baliza, Caracaraí, Alto Alegre, Pacaraima, Uiramutã, Bonfim, Normandia, Cantá e Boa Vista.

“Já solicitamos das coordenadorias municipais um plano de contingência e o levantamento das áreas de risco. É importante que o Município nos informe a quantidade de produtores rurais presentes nas vicinais que costumam ter maior risco, para que possamos coordenar nossas ações”, afirmou.

O superintendente do Sipam, Ricardo Dallarosa, informou que as condições climáticas previstas para o próximo verão, são definidas pelo fenômeno climático El Niño. “Ele ocorre aproximadamente a cada quatro anos. Quase sempre provoca os mesmos efeitos: muita chuva em determinadas regiões e muita seca em outras”, explicou.

O secretario do Meio Ambiente e coordenador da defesa civil do município de Bonfim, Romualdo Feitosa, destacou a importância da ação. “O curso de combate a incêndio foi uma excelente iniciativa. Esperamos que estas parcerias continuem, pois os maiores beneficiados são os moradores”, pontuou.

Confira o Calendário para a realização do curso:

PERÍODO - MUNICÍPIO - TURMA

14 a 18 de setembro - Rorainópolis - 2
21 a 25 de setembro - São João da Baliza - 3
28 a 02 de setembro -Caracaraí - 2
05 a 09 de outubro - Alto Alegre - 2
12 a 16 de outubro - Pacaraima - 2
19 a 23 de outubro - Uiramutã - 2
26 a 30 de outubro - Bonfim - 2
09 a 13 de novembro - Normandia - 2
16 a 20 de novembro - Cantá - 2
23 a 27 de novembro - Boa Vista - 2

 
 
 

 

 

Imprimir Enviar Corrigir Tamanho: A+ a-




Notícias relacionadas