Cotidiano
 
Operação prende tráficantes de drogas em Pacaraima
A organização criminosa contava com oito integrantes, sendo que as vendas aos usuários eram realizadas através de encomendas por telefone (Disk-Droga)
 
Por - Redação I 17/07/2015 - 09:56 -
———————————————————————————————————————————
Operação conjunta entre Ministério Público do Estado de Roraima (MPRR) e Polícia Federal desarticulou uma organização criminosa com atuação no município de Pacaraima. A Operação, batizada de “Conexão Pacaraima”, visava combater o tráfico de drogas no município, fronteira do Brasil com a Venezuela.

Durante a operação, realizada entre os dias 07 e 10 de julho, foram cumpridos seis mandados de prisão, uma condução coercitiva, seis mandados de busca e apreensão, dois autos de prisão em flagrante delito por tráfico de drogas e dois termos circunstanciados de ocorrência por porte de drogas para consumo.

Conforme as investigações, a organização criminosa contava com oito integrantes, sendo que as vendas aos usuários eram realizadas através de encomendas por telefone (Disk-Droga) e entregues nas proximidades do antigo palco do “Micaraima”, e em outros dois pontos na sede de Pacaraima.
Após monitoramento, foi constatado que a organização criminosa tinha também ramificações em Boa Vista e uma célula, responsável pela logística da droga oriunda de Manaus/AM para a capital roraimense.

Para o Promotor de Justiça Substituto de Pacaraima, Diego Oquendo, o sucesso da operação é resultado de um intenso e qualificado trabalho investigativo de quase sete meses realizado pela Polícia Federal em Pacaraima conjunto com o Ministério Público, que resultou, ainda, na apreensão de dinheiro, celulares e drogas.

“O resultado da operação mostra a seriedade do trabalho desenvolvido pelos órgãos responsáveis pela persecução penal. Após sete meses de investigações, pautadas pelo uso da inteligência, logrou-se desmantelar organização criminosa que efetuava o tráfico de entorpecentes em Pacaraima, além da distribuição para outros municípios. A ação é uma resposta aos anseios da sociedade de Pacaraima que, em razão da repugnante prática do tráfico de drogas no município, se via tolhida no exercício do seu direito à cidadania”, destaca o Promotor.

Os envolvidos foram indiciados por tráfico de drogas, associação ao tráfico, além de integrar organização criminosa. A soma das penas máximas dos crimes chega a 33 anos de reclusão.
Os presos foram encaminhados à Penitenciária Agrícola e à Cadeia Pública Feminina e estão à disposição da Justiça estadual. Outros dois integrantes da organização criminosa já haviam sido presos em flagrante pela Polícia Civil de Pacaraima em maio deste ano, sendo indiciados indiretamente pela Polícia Federal.

 
 
 

 

 

Imprimir Enviar Corrigir Tamanho: A+ a-




Notícias relacionadas