Diversão e Arte
 
Sinalização com fotos históricas revela Boa Vista de 1785 a 1988
As 100 placas sinalizadoras serão colocadas em um roteiro e formarão um “city tour”, que vai abranger pontos importantes da cidade
 
Por - Redação I 19/03/2015 - 11:47 -
———————————————————————————————————————————
Fotos: Fernando Teixeira
As imagens representadas nas placas fazem parte do acervo da Biblioteca Nacional, de coleções particulares e, principalmente, do álbum "Valle do Ri
Nesta quinta-feira (19), a partir das 18h30, em frente à igreja Matriz, a prefeita Teresa Surita inaugurará a primeira placa do projeto Caminhos de Memória. Por meio de fotografias, aquarelas e gravuras, os apaixonados e curiosos pela história da capital vão conhecer a Boa Vista de 1785 a 1988. O lançamento das placas vai ser ao som do cantor Zeca Preto e será aberto ao público.

As 100 placas sinalizadoras serão colocadas em um roteiro e formarão um “city tour”, que vai abranger pontos importantes da cidade. Avenida Ene Garcez, Centro Cívico, avenida Jaime Brasil e Centro Histórico até o Porto do Cimento, situado aonde atualmente encontra-se a Orla Taumanan são alguns dos locais escolhidos. Após a inauguração da primeira placa, as demais serão instaladas em todo o percurso.

A iniciativa pretende despertar a conscientização e valorização patrimonial, com informações históricas sobre os fatos relevantes de aspectos sociais, políticos e urbanísticos da capital de Roraima.

“Caminhos de Memória faz parte do Projeto Raízes, que tem por objetivo resgatar e valorizar a diversidade cultural de Boa Vista. Com a sinalização histórica, ganhamos mais um produto para o turismo de nossa capital. Agora os visitantes terão acesso fácil a um conteúdo de qualidade, elaborado junto com a UFRR para explicar a formação de nossa cidade”, disse a prefeita Teresa Surita.

As imagens representadas nas placas fazem parte do acervo da Biblioteca Nacional, de coleções particulares e, principalmente, do álbum "Valle do Rio Branco", publicação de 1906 com as primeiras fotografias de Roraima. O projeto é uma parceria da Prefeitura de Boa Vista com a Universidade Federal de Roraima (UFRR).

 
 
 

 

 

Imprimir Enviar Corrigir Tamanho: A+ a-




Notícias relacionadas