Cotidiano
 
Com balanço positivo, Fóruns de Agricultura Familiar traçam novas metas para 2015
Os FAF’s foram responsáveis por mobilizar mais de mil trabalhadores rurais e inseri-los na discussão sobre os rumos da agricultura familiar em Roraima
 
Por - Redação I 15/01/2015 - 10:53 -
———————————————————————————————————————————
Depois de um ano de muito trabalho e mobilização, os Fóruns de Agricultura Familiar (FAF), uma iniciativa da Embrapa em conjunto com a Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag-RR), fazem um balanço positivo e estipulam novas metas para 2015. Entre elas, a de estar presente em todo o território roraimense até o final do ano.

Com atuação em dez dos quinze municípios do estado, os FAF’s foram responsáveis por mobilizar mais de mil trabalhadores rurais e inseri-los na discussão sobre os rumos da agricultura familiar em Roraima. A metodologia, que envolve reuniões mensais, contribuiu para a identificação das principais demandas agrícolas do setor, bem como dos gargalos que dificultam o seu desenvolvimento.

Em geral, as culturas de maior interesse entre os agricultores foram a da banana, melancia, macaxeira e milho. Na pecuária, a maior demanda envolveu a criação de gado. As reivindicações se concentraram na regularização de terras, informações sobre linhas de crédito e maior acompanhamento técnico.

Segundo Otoniel Duarte, Chefe-Geral da Embrapa Roraima, a meta para 2015 é chegar a todo o estado. ‘O intuito é levar informação aos pequenos agricultores para que eles produzam mais e melhor, e não precisem deixar o campo’, diz. Duarte afirma ainda que um dos focos será ampliar a mobilização dos agricultores e também desenvolver projetos de pesquisa mais integrados a realidade do pequeno produtor.

Para a presidente da cooperativa CoperCinco, Genira Bertol, a iniciativa permitiu a aproximação entre os agricultores e as várias instituições que trabalham com a agricultura familiar no estado. “A nossa Cooperativa só ganhou. Criamos nosso comitê gestor e já estamos elaborando projetos para captação de recursos. Esperamos que neste ano possamos sensibilizar mais agricultores a participarem dos Fóruns, buscando a valorização da agricultura familiar no estado”, completa.

AÇÕES 2014

Entre as ações realizadas pelo FAF em 2014, destaca-se a inauguração do Centro de Capacitação da Agricultura Familiar do Cantá, uma parceria entre a Embrapa e a Secretaria de Agricultura do Município. A estrutura fica dentro do Campo Experimental Confiança 3 da Embrapa, e conta com um viveiro florestal para produção de mudas e espaço para ministrar cursos.

Entre os treinamentos promovidos, a demonstração do equipamento para desperfilar bananeiras, o Desperfilador por Roto-Compressão, merece destaque. A demonstração foi feita pelos pesquisadores da Embrapa Amazônia Ocidental (Manaus) aos agricultores do Caroebe. Outro importante passo foi a criação do Fórum de Agricultura Familiar que atenderá áreas indígenas em Roraima. A expectativa é que mais de 84 comunidades inseridas no município de Normandia participem das atividades dos Fóruns este ano.

ENTENDA OS FÓRUNS

Os Fóruns são promovidos pela Embrapa Roraima e pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag-rr) com o objetivo de desenvolver a agricultura familiar no estado. Dentro de sua proposta, está a realização de reuniões regulares em cada município buscando o levantamento das demandas locais para viabilizar a atividade agropecuária.

Até o momento, já foram criados dez Fóruns de Agricultura Familiar em Roraima, correspondendo aos municípios de Boa Vista, Rorainópolis, Caroebe, São João da Baliza, Cantá, Mucajaí, São Luiz, Normandia, Amajari e Caracaraí.
Entre os resultados esperados estão: alicerçar uma rede integrada de atores atentos às demandas locais e fortalecer a rede de pesquisa participativa e transferência de tecnologias para a agricultura familiar.

Atuam em conjunto com os Fóruns os poderes públicos municipal, estadual e federal, as agências de desenvolvimento, sindicatos dos trabalhadores rurais, centros de pesquisa e extensão rural, cooperativas e diversas entidades e organizações representativas da agricultura familiar no estado.

 
 
 

 

 

Imprimir Enviar Corrigir Tamanho: A+ a-




Notícias relacionadas