Esportes
 
Handebol de Roraima é ouro nos Jogos Escolares da Juventude
A partida foi acirrada, mas com foco a equipe roraimense alcançou o ouro
 
Por - Redação I 13/09/2014 - 23:33 -
———————————————————————————————————————————
Fotos: Divulgação
A vitória foi por 17x9 contra Escola Francisco Sá, do Ceará neste sábado à tarde no ginásio da Unifil, em Londrina
Pela primeira vez na história do desporto escolar uma equipe de handebol de Roraima vence os Jogos Escolares da Juventude – etapa mirim. A conquista foi do time de meninos do Sesc (Serviço Social do Comércio) que foi à Londrina (PR) para buscar a medalha, conseguiu e volta para casa com o ouro no peito.

A final foi contra o Estado do Ceará (Escola Francisco Sá) na tarde deste sábado no ginásio da Unifil, em Londrina e teve placar de 17x9. Nos jogos anteriores, o time do Sesc venceu o Pará, Goiás e Rondônia. No ano passado Roraima foi derrotado por uma equipe cearense na disputa do terceiro lugar.

O jogo da final foi difícil, acirrado, com diferença de poucas bolas no início. Foram erros, acertos e substituições. A equipe roraimense abriu o placar e logo meteu 5x0. Nos dez primeiros minutos o time cearense reagiu e o placar fechou em 6x3.

Foi então que a técnica da equipe de Roraima, Claudia Regina de Oliveira fez cinco substituições e poupou o armador que estava lesionado. “Com a saída do nosso armador houve desequilíbrio e a equipe cearense ganhou corpo na partida, diminuindo a diferença de bolas, chegando ao fim do primeiro tempo com placar de 9x8”, avaliou.

No intervalo, após as orientações técnicas repassadas à equipe, o armador Gabriel Ziedson retornou à quadra e o time apostou em uma marcação individual em dois atletas cearenses. A estratégia deu certo e Roraima venceu a partida.

“Fizemos tudo o que podíamos na partida. Tivemos erros bestas mas a vitória foi merecida. É incrível o sentimento de vitória”, disse Gabriel Ziedson, ao lembrar que nos primeiros minutos se machucou mas não desistiu do jogo. “Queríamos levar esse título para o Estado e dar orgulho à nossa treinadora”, complementou.

No ano que vem Ziedson terá um novo desafio. Ele deixa a categoria mirim (12 a 14 anos) e passa para a infantil (15 a 17 anos). Contudo, o time infantil do Sesc dispõe de apenas uma vaga. “Quero continuar no handebol e para isso vou buscar essa vaga”, argumentou.

PREPARAÇÃO

O preparo contra o Ceará veio antes do confronto final. A equipe roraimense acompanhou um jogo do time adversário para visualizar a tática dos jogadores em quadra.
O goleiro da equipe do Sesc, Antonio Uatumã Pires, foi apelidado por um jogador de Rondônia de “muralha”. Não por acaso. Na partida final contra o Ceará ele defendeu bolas importantes. “A mais importante foi quando eu passei a bola para um parceiro da nossa equipe e um jogador do Ceará tomou e no confronto cara a cara eu consegui defender e descartei o gol da equipe adversária”, lembrou.

Para o pivô da equipe, Hemerson Leonardo da Silva, a experiência da vitória é única. “O jogo foi difícil mas conseguimos dar conta. O trabalho em equipe e com o apoio da nossa técnica alcançamos o objetivo”, enfatizou o atleta.

Do ano passado para cá a equipe do Sesc passou por sete alterações. Permaneceram apenas os dois goleiros, um central, um armador, um pivô. Os demais, sete ao todo, já vinham sendo trabalhados há um ano para compor a equipe em 2014 justamente para completar o time para este ano.
Este ano o time do Sesc participou de apenas um campeonato, a Copa Sesc Sub-17, com uma vitória, um empate e uma derrota na chave, porém com equipes de categoria superior a deles.

Para o chefe da Delegação de Roraima, José Deodato de Aquino Junior, a vitória dos meninos do handebol é um marco para o Estado, por ser inédita, e por representar o esforço e dedicação da equipe. “É o segundo ano consecutivo que Roraima encerra a participação nos Jogos Escolares da Juventude com medalha de ouro. No ano passado foi a equipe de basquetebol masculino mirim da Escola Estadual São José. Isso é a demonstração de que o nosso desporto escolar está se fortalecendo e crescendo na competição nacional”, reforçou.

Os Jogos Escolares da Juventude encerraram no sábado (13), em Londrina (PR). Foram organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) e parceiros, e considerados a maior competição estudantil do País, reunindo alunos de todos os estados brasileiros. O governo de Roraima garantiu a participação das escolas públicas e privadas com a doação dos bilhetes aéreos de ida e volta. A etapa infantil será em novembro, em João Pessoa (PB).

 
 
 

 

 

Imprimir Enviar Corrigir Tamanho: A+ a-




Notícias relacionadas