Cotidiano
 
População aprova internet gratuita na praça
Para acessar a internet na praça, não há necessidade de cadastro nem uso de login ou senha
 
Por - Redação I 25/07/2014 - 09:22 -
———————————————————————————————————————————
Há pouco mais de três meses oferecendo internet gratuita na Praça das Águas, a Prefeitura de Boa Vista registrou cerca de 7 mil dispositivos diferentes acessando a rede Boa Vista Online.

Para acessar a internet na praça, não há necessidade de cadastro nem uso de login ou senha. A cobertura do sinal foi ampliada esta semana pela Secretaria Municipal Extraordinária de Inclusão Digital. Antes a rede alcançava a praça de alimentação até o final da praça das águas, sentido avenida Major Williams. Com a ampliação, o sinal segue até o Palco Velia Continho.

De acordo com o secretário Artur Henrique Machado, o acesso é gratuito, mas sites impróprios não estão disponíveis. “Os frequentadores já podem acessar gratuitamente a internet, por meio de smartphone, notebook ou tablet com a tecnologia wi-fi. No aparelho irá aparecer o nome BV Online. Basta clicar que o dispositivo estará conectado a rede. Os sites mais acessados pela população, como redes sociais e whatsapp são liberados, porém sites com conteúdo pornográfico e impróprios são bloqueados”, disse.

O casal Elvys Barreto, 32 anos e Arlene Azevedo, 28 anos, ficou sabendo da novidade e resolveu fazer o teste. Eles aprovaram a idéia que coloca Boa Vista no mesmo patamar de outras capitais em relação à tecnologia da informação “Internet em praças públicas é uma realidade de outros Estados brasileiros. Fico feliz que tenha chegado aqui em Boa Vista”, disse Elvys. O acesso Wi-Fi é disponibilizado com qualidade suficiente para baixar fotos e vídeos e até mesmo assistir streaming de vídeos em tempo real em sites como o youtube.

A estudante Tatiana Tischer, de 23 anos, soube da iniciativa da Prefeitura por meio da propaganda veiculada na televisão e aprovou “Estou achando ótimo. Consigo acessar o facebook, ver fotos e baixar vídeos”, destacou. A mãe de Tatiana, Margarete Bartniak, 53 anos, também gostou da inovação. “É muito bom, além do passeio agradável, também podemos ter um ótimo acesso a internet para se comunicar e se atualizar”, disse.

 
 
 

 

 

Imprimir Enviar Corrigir Tamanho: A+ a-




Notícias relacionadas