Cotidiano
 
Embrapa realiza I Reunião de Tecnologias para a Cultura da Soja no Cerrado de Roraima
O evento acontecerá no Auditório da Unidade e é destinado a produtores, pesquisadores, assistência técnica, extensão rural e demais interessados
 
Por - Redação I 21/03/2014 - 23:07 -
———————————————————————————————————————————
Fotos: Divulgação
Nos dias 26 e 27 de março a Embrapa Roraima promoverá a I Reunião de Tecnologias para a Cultura da Soja no Cerrado de Roraima. O evento acontecerá no Auditório da Unidade e é destinado a produtores, pesquisadores, assistência técnica, extensão rural e demais interessados no cultivo da soja no estado. As palestras serão ministradas por pesquisadores da Embrapa Soja (Londrina – PR), Embrapa Cerrados (Planaltina – DF) e Embrapa Roraima (Boa Vista – RR). Os interessados em participar podem se inscrever gratuitamente por meio do telefone (95) 4009-7161.

A Reunião trará informações técnicas relacionadas ao cultivo da soja, tais como: novas cultivares, resultados da fixação biológica para soja em Roraima, principais problemas relacionados à inoculação, manejo integrado de pragas e doenças, solos do cerrado, manejo da fertilidade química do solo para a cultura da soja, entre outros.

Segundo o pesquisador da Embrapa Roraima, Vicente Gianluppi, o principal objetivo da Reunião é contribuir para o desenvolvimento e aperfeiçoamento do cultivo da soja no cerrado de Roraima. “Esperamos que as palestras possam ajudar a aumentar o número de produtores na Região, uma vez que temos a possibilidade de plantio na entressafra de outros estados. Temos condições favoráveis, como a quantidade de chuvas e a luminosidade, o que contribui para alcançar uma boa produção”, diz o pesquisador.

PRODUTIVIDADE

Roraima dispõe de todas as condições para ampliar os investimentos na cultura da soja. Em 2013, o estado colheu cerca de trinta e três mil toneladas de grãos, em 12 mil hectares plantados. A produtividade média de 60 sacas por hectare foi negociada a R$ 70,00 a saca, valor superior ao pago em outras regiões do país. Um das vantagens é a safra invertida. Em maio, quando os sojicultores brasileiros estão concluindo a colheita, os roraimenses iniciam a sua semeadura.

A outra vantagem é a produção de grãos não modificados geneticamente, diferente do que acontece na maior parte das regiões produtoras do país. Boa parte da safra 2013 foi vendida para uma empresa russa, que tem interesse nesse tipo de grão. A exportação foi feita pelo Porto de Manaus – AM. A variedade utilizada em Roraima é a tracajá, desenvolvida pela Embrapa. Ela tem cerca de 5% a mais de óleo e proteína do que outras variedades cultivadas no Centro-Oeste.

PROGRAMAÇÃO

26/03/2014

8h30 – 8h45 – Abertura com o Chefe Geral da Embrapa Roraima DSc. Otoniel Ribeiro Duarte e Organizadores da Reunião

8h45 – 9h20 - Histórico do cultivo da soja em Roraima (MSc. Vicente Gianluppi – Embrapa Roraima)

9h20 – 10h20 – Novas cultivares de soja para conviver com os nematoides (DSc. Sebastiao Pedro Da Silva Neto – Embrapa Cerrados)

10h20 – 10h40 – Discussão

10h40 – 11h – Coffee-Break

11h – 11h45 – Principais resultados da fixação biológica de nitrogênio na soja em Roraima (DSc. Krisle da Silva – Embrapa Roraima)

11h45 – 12h – Discussão

12h – 13h30 - Intervalo para almoço

13h30 – 14h – Principais problemas relatados por produtores quanto a inoculação da soja em Roraima.

14h -15h - Inoculação de leguminosas e gramíneas: o que eu ganho com isso? (DSc. Mariangela Hungria – Embrapa Soja)

15h – 15h15 – Coffee-Break

15h30 – 16h30 – Discussão e encerramento

27/03/2014

8h30 – 9h – Soja Semente (DSc. Oscar José Smiderle – Embrapa Roraima)

9h – 9h15 - Discussão

9h15 –9h45 – Manejo integrado de pragas da soja (DSc. Elisângela Gomes Fidelis de Morais – Embrapa Roraima)

9h45 – 10h – Discussão

10h – 10h30 – Coffee Break

10h30 – 11h – Manejo integrado de doenças da soja (DSc. Daniel Augusto Schurt- Embrapa Roraima)

11h – 11h15 - Discussão

11h15 – 11h45 – Solos dos Cerrados de Roraima: Representatividade e Potencialidades para o Cultivo da Soja (MSc. Daniel Gianluppi - IACTI).

11h45 – 12h- Discussão

12h – 13h30 – Intervalo para almoço

· 13h30 – 15h30 – Manejo da fertilidade química do solo para a cultura da soja (MSc. Djalma Martinhão Gomes de Sousa (Embrapa Cerrados).

15h30 – 15h45 – Coffee-Break

15h45 – 16h30 – Discussão e encerramento

 
 
 

 

 

Imprimir Enviar Corrigir Tamanho: A+ a-




Notícias relacionadas