Esportes
 
Handebol conquista duas medalhas nos Jogos Escolares da Juventude
Foram dois dias de disputas e o resultado final foram duas medalhas para Roraima
 
Por - Redação I 18/11/2013 - 11:14 -
———————————————————————————————————————————
Cinco anos depois, o handebol de Roraima voltou a uma final dos Jogos Escolares da Juventude – etapa infantil – e conquistou duas medalhas, uma de prata e outra de bronze. O time, composto por alunos-atletas do Colégio Objetivo, enfrentou a equipe do Colégio José de Almeida, de Goiás, mas perdeu por 25x20 e ficou com o segundo lugar. O terceiro lugar da modalidade ficou para a equipe feminina, do Instituto Batista de Roraima, que fechou o placar com 22x17 contra a Escola Liceu Maranhense (MA).

No naipe masculino, a premiação elevou o Estado para a segunda divisão da modalidade na competição nacional para o próximo ano. O jogo contra o Goiás foi equilibrado e Roraima manteve diferença de duas bolas no primeiro tempo da disputa. O time adversário empatou e ultrapassou o placar em até seis bolas no segundo tempo, o que desarticulou um pouco a equipe roraimense.

Para reverter o placar o técnico da equipe, Elton Guedes mudou a dinâmica do grupo, fez substituições e investiu mais no contraataque. O time adversário sentiu a pressão e reagiu, mas o tempo estava avançado, o que favoreceu a equipe de Goiás, fechando o placar com diferença de cinco bolas.

Em 2008 o Estado de Roraima conquistou medalha de prata no handebol feminino, pela Escola Estadual Gonçalves Dias. No ano passado, foram duas medalhas de bronze com vôlei masculino (Escola Estadual Pedro Elias) e futsal feminino (Escola Estadual Coema Souto Maior). Este ano, a Escola Estadual São José ganhou medalha de ouro na modalidade de basquete mirim e bronze no vôlei masculino mirim, para a Escola Estadual Maria dos Prazeres Mota.

Para o chefe da Delegação de Roraima, José Deodato de Aquino Junior, a conquista do handebol masculino além de elevar Roraima à segunda divisão, motiva os alunos-atletas a continuarem na modalidade e no ano que vem voltem aos Jogos da Juventude para brigarem por mais medalhas. “Que essas medalhas sirvam de motivação para as demais modalidades”, enfatizou, ao agradecer o empenho de todos os técnicos e alunos-atletas que participaram da edição deste ano dos Jogos da Juventude.

FEMININO

O time de handebol feminino vinha treinando três anos com o objetivo de chegar a uma final nos jogos nacionais. O técnico da equipe, Marcos Quadros, conseguiu reunir as meninas com a perspectiva de serem campeãs na etapa estadual e depois nacional. “Enfrentamos dificuldades nos jogos em razão do grupo que pegamos, com times mais experientes em competições oficiais”, frisou.

O resultado veio de uma rotina inicial de três treinamentos por semana (duas horas ao dia) para a etapa estadual e intensificado para a nacional, com treinos diários, de segunda a sexta-feira, duas horas por dia. “Ao retornar vamos manter nossos treinos em três vezes por semana e nos focar ainda mais para ano que vem representarmos mais uma vez o nosso Estado e lutar por medalha”, reforçou Quadros.

A aluna-atleta Raissa Coutinho, de 17 anos de idade, chegou ao limite da idade para a competição escolar, mas garantiu a medalha de bronze na primeira participação em jogos nacionais. “Estou encerrando minha participação em jogos escolares com sentimento de dever cumprido e muito feliz com a conquista da primeira medalha em nível nacional”, frisou.

OUTROS PLACARES

O primeiro jogo da equipe feminina de handebol foi contra as donas da casa, Belém (Escola Madre Celeste), com de 33x13. A segunda competição foi contra Tocantins (Colégio da Polícia Militar) e rendeu placar para o time roraimense de 25x16. O terceiro jogo classificatório para as semifinais foi contra a Bahia (Colégio Saleziano) e Roraima finalizou com placar massacrante de 48x06.

O masculino somou três vitórias consecutivas. O primeiro jogo, contra o Alagoas (Colégio Intensivo), Roraima começou a partida de forma equilibrada e o placar alternava para as duas equipes com diferença de gols e finalizou a partida com 24x21.

O segundo jogo foi contra o Tocantins (Colégio Pré-Universitário) e rendeu placar de 26x18 para Roraima. O jogo que classificou os alunos-atletas do Colégio Objetivo foi contra o Sergipe (Colégio Saleziano), com placar de 37x14.

OS JOGOS

Os Jogos Escolares da Juventude, promovidos pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e parceiros (Ministério dos Esportes e Organizações Globo) são considerados o maior evento estudantil esportivo do Brasil. É realizado em duas etapas - em cidades diferentes -, com faixas etárias distintas: de 12 a 14 anos e de 15 a 17 anos, respectivamente.

A participação de Roraima na competição foi viabilizada pelo Governo do Estado, que adquiriu os bilhetes aéreos individuais dos participantes da disputa, entre alunos-atletas, técnicos e dirigentes, totalizando 161 pessoas.
 
 
 

 

 

Imprimir Enviar Corrigir Tamanho: A+ a-




Notícias relacionadas