Política
 
Brasileiro poderá trocar de banco nas operações de financiamento
A informação foi dada hoje pelo senador Romero Jucá ao divulgar a sanção da Medida Provisória 589
 
Por - Redação I 21/05/2013 - 11:29 -
———————————————————————————————————————————
A partir de hoje, os brasileiros poderão trocar de banco nas operações de financiamento imobiliário caso haja o entendimento de um juros em outra instituição financeira. Ou seja, uma família, um cidadão que tenha um determinado imóvel financiado por um banco, pagando uma determinada taxa de juros, se conseguir uma taxa de juros mais barata em outro banco, poderá fazer a transferência desse financiamento, de uma instituição financeira para outra instituição financeira, pagando menos juros, portanto, reduzindo a sua prestação.

A informação foi dada hoje pelo senador Romero Jucá ao divulgar a sanção da Medida Provisória 589 sobre a renegociação das dívidas dos Estados e municípios com a previdencia social. "Nós criamos a sistemática, nessa medida provisória, nessa lei, através de uma emenda de relator a portabilidade do financiamento habitacional. E nós colocamos nesse dispositivo que um banco deverá remunerar o outro sobre as despesas administrativas ocorridas no início desse financiamento, mas essa remuneração não poderá ser cobrada do cidadão e da cidadã que tem um imóvel financiado.

Portanto, um detalhe extremamente importante, que não onera o contribuinte, que não onera o tomador do empréstimo e que vai ampliar a concorrência entre instituições financeiras, para que nós tenhamos um juro menor no financiamento imobiliário", destacou. Jucá, relator da MP, afirmou que a lei está valendo desde a última quarta-feira, 15 de maio.
 
 
 

 

 

Imprimir Enviar Corrigir Tamanho: A+ a-




Notícias relacionadas